Como fazer green trekking: caminhadas sustentáveis

A atividade física regular é essencial para a manutenção da saúde a longo prazo. A Organização Mundial de Saúde recomenda entre 150 a 300 minutos de exercício moderado por semana para os adultos e uma média de 60 minutos por dia de atividade física moderada para crianças e adolescentes. E para aqueles que amam a montanha, para aqueles que adoram caminhar em ambientes naturais desligados da sociedade humana, o trekking é uma alternativa fantástica. Mas não qualquer tipo de trekking: o green trekking, a modalidade que está a ganhar terreno entre os entusiastas das caminhadas pelos seus maravilhosos benefícios para o planeta.

Conhece também o interrail pela Europa e prepara-te para caminhar fora de Portugal!

Como fazer green trekking

23 Fevereiro 2023

O que é o green trekking?

As previsões da Organização das Nações Unidas são claras: a humanidade atingirá os 8.000 milhões de pessoas. E todas elas têm as mesmas necessidades de atividade física que tu tens. Neste sentido, as caminhadas nas montanhas devem ser praticadas com uma forte consciência da delicadeza dos habitats naturais, com um compromisso com o bem-estar dos animais que os habitam e até com uma filosofia de equipamento mais sustentável. Isto é o que se chama de green trekking: trekking com um impacto ambiental mínimo.

speech marks left

A Organização Mundial de Saúde recomenda entre 150 a 300 minutos de exercício moderado por semana para os adultos e uma média de 60 minutos por dia de atividade física moderada para crianças e adolescentes.

speech marks right

Dicas para praticar green trekking

Escolhe bem o ambiente

Os lugares exóticos têm um encanto especial. Talvez por estarem longe. Talvez pelo marketing que se desenvolve em relação a estes locais. Mas em Portugal, perto da aldeia ou da cidade em que vives, tens de certeza rotas de trekking maravilhosas. Além de poupares dinheiro, também reduzes o consumo de energia, o que leva a uma maior sustentabilidade. Pratica caminhadas responsáveis.

Evita locais massificados

Alguns espaços naturais são bastante populares. E provavelmente por bons motivos: são lugares com uma beleza peculiar ou de fácil acessibilidade. Mas é aí onde deves demonstrar o teu verdadeiro espírito green trekking. Em vez de contribuíres para a massificação, que tem consequências para a manutenção dos habitats, escolhe cenários menos procurados.

speech marks left

Mas em Portugal, perto da aldeia ou da cidade em que vives, tens de certeza rotas de trekking maravilhosas.

speech marks right

Aproveita as épocas baixas

O trekking turístico tende a diminuir nas estações mais frias do ano. Durante esses meses frios, mesmo as rotas de trekking mais famosas são desobstruídas. Para além de ser sustentável transitá-las, é recomendável para ajudar a economia local a sustentar-se durante todo o ano e não apenas durante o verão. Uma booooa refeição tradicional numa aldeia após o trekking é algo que recomendamos muito, claro!

Torna-te um inimigo do desperdício

Se estás a ler este artigo, se chegaste até aqui, é porque tens una consciência ambiental altamente desenvolvida. E isso significa que não temos de te lembrar que não se deitam resíduos na natureza durante as escapadas de trekking. O nosso conselho vai mais além disso: contribui positivamente recolhendo o lixo que as outras pessoas menos responsáveis deixam para trás. Protege estes locais.

Respeita os trilhos estabelecidos

Sim, pode ser muito tentador saíres do trilho em algum ponto do percurso. É compreensível. É um instinto muito humano de exploração e de descobrimento. Mas tens de o evitar. Deves permanecer no trilho que outras pessoas abriram especificamente para que chegues até ao topo da montanha. É a única maneira de garantir que a flora e a fauna não sejam gravemente prejudicadas pela tua presença.

Green trekking: Caminhas sustentáveis

Não retires nada

Outra questão muito tentadora é recolher elementos naturais para os levar para casa como lembrança. Por mais inocente que isto te possa parecer, é uma prática que não deveria ser feita em circunstância alguma. Cada pedra, cada ramo, cada folha morta e, claro, cada criatura tem a sua função no ecossistema. O nosso conselho é muuuito simples: não leves nada destes locais a não ser boas memórias.

Cuidado com a poluição sonora

O equilíbrio de um ecossistema pode ser perturbado quando existem estímulos anormais para os animais, como cheiros muito fortes ou sons muito altos. Portanto, controla a vontade de gritar quando chegares ao topo da montanha e contempla a paisagem. Certifica-te também que não colocas música alta e falas num tom normal. Estás na casa deles.

Compra roupa de trekking sustentável

O green trekking tem uma essência muito própria: trata-se de respeitar a Terra de todas as maneiras possíveis. E isso inclui a compra de roupa. Felizmente, existem marcas de equipamento de trekking sustentável como a Ternua. Têm de tudo: casacos, coletes, calças, roupa interior, impermeáveis, cachecóis e muito mais. Lembra-te que com os cartões de crédito WiZink podes comprar tudo com total comodidade e flexibilidade de pagamentos. Podes comprar o que precisas agora e pagar mais tarde. Estamos contigo para te ajudar a praticar trekking sustentável.

speech marks left

O green trekking tem uma essência muito própria: trata-se de respeitar a Terra de todas as maneiras possíveis.

speech marks right

No WiZink preocupamo-nos contigo e com o planeta. Boas caminhadas!

WiZink.

Um banco. Infinitas possibilidades