O que é que temos de saber sobre o Dia da Internet Segura

As tecnologias informáticas avançam a uma velocidade vertiginosa e proporcionam às pessoas cada vez mais ferramentas de desenvolvimento profissional e pessoal. No entanto, a adequada utilização destas tecnologias requer tanto conhecimentos como valores éticos. Especialmente no caso dos mais pequenos. Conscientes destas necessidades, a rede de Centros de Segurança na Internet na Europa, com a ajuda da Comissão Europeia, criou há duas décadas o Dia da Internet Segura, um evento internacional dedicado à promoção de uma utilização segura e saudável das tecnologias informáticas. A edição de 2023 será celebrada na próxima terça-feira, 7 de fevereiro. O seu lema? “Juntos por uma Internet melhor”.

O que devemos saber sobre o Dia da Internet Segura

8 Fevereiro 2023

Objetivos do Dia da Internet Segura

Houve uma época em que a Internet era uma selva. A sociedade ainda não tinha transitado para a digitalização e a rede era percebida como uma dimensão paralela cheia tanto de oportunidades como de ameaças. Hoje em dia, as coisas mudaram. As ameaças continuam a existir, claro, mas na atualidade a Internet é uma extensão do mundo real e existem inúmeros agentes sociais implicados no seu bom funcionamento. Também do ponto de vista moral. Isto é especialmente importante para as crianças e adolescentes, que passam cada vez mais horas dentro do mundo digital e necessitam de educação para efetuar uma utilização responsável, respeitosa e crítica da Internet. Vejamos os perigos a que se expõem.

Manipulação humana

No mundo real sempre haverá pessoas dispostas a aproveitarem-se das outras. E na Internet também. O problema é que na rede algumas técnicas criminosas, como a suplantação de identidade ou a obtenção ilegal de informação pessoal, resultam ainda mais efetivas. Neste sentido e mediante iniciativas no mundo inteiro e recursos formativos, o Dia da Internet Segura proporciona aos internautas capacidades para identificar e defender-se dos ciberdelinquentes: não aceitar convites de pessoas estranhas, não confiar em nenhuma plataforma, não proporcionar dados confidenciais...

"O Dia da Internet Segura 2023 será celebrado na próxima terça-feira, 7 de fevereiro."

Ligações fraudulentas

O comportamento individual pode ser impecável e mesmo assim estar em risco. O motivo é que os ciberdelinquentes utilizam frequentemente redes fraudulentas disfarçadas de redes legítimas através das quais podem aceder à tua informação privada. A máxima transmitida pelas instituições de cibersegurança, e pelos centros de ensino implicados no Dia da Internet Segura, é clara: não te ligues a redes públicas. Liga-te unicamente a redes privadas de confiança como a de tua casa ou a da casa dos teus amigos para as quais é requerida uma palavra-passe confidencial.

Muita desinformação

Este é um dos perigos da Internet mais difíceis de abordar. Apesar de algumas plataformas como o Facebook já terem implementado algoritmos de reconhecimento de notícias falsas, a realidade é que a rede continua repleta de informações falsas, informações parciais e uma imensa quantidade de opinião tendenciosa. Adicionalmente, as capacidades necessárias para diferenciar o conteúdo sério do conteúdo fake não podem ser aprendidas num único dia: requerem um esforço continuado de toda a sociedade. Sobretudo no que se refere aos mais jovens.

Comportamentos discriminatórios

Esta última década tem sido testemunha de um avanço histórico em termos de tolerância e luta contra os discursos do ódio. Estamos a conseguir que tooodas as pessoas se sintam parte da sociedade independentemente do seu género, da sua idade, da sua etnia, da sua cultura, da sua orientação sexual ou da sua identidade sexual. No entanto, o anonimato da rede proporciona a muitas pessoas um espaço adequado para apresentar comportamentos discriminatórios. Perante este problema, só podemos educar todas as pessoas, mas uma vez mais, principalmente os mais jovens, na importância do respeito e da convivência pacífica.

"A Internet é um universo que complementa o mundo real, mais pleno ainda de opções e oportunidades."

Conteúdos pornográficos

130 milhões de pessoas visitam todos os dias o Pornhub, um dos portais de conteúdos pornográficos mais populares do mundo. E existem muitíssimos outros. O problema para os mais jovens é que a pornografia não apresenta uma imagem realista das relações sexuais, e muitas vezes nem sequer uma imagem respeitosa da mulher, e o consumo desses conteúdos pode gerar uma visão muito errónea da sexualidade. Perante este panorama, respeitar os filtros de idade e proporcionar aos adolescentes educação sexual de qualidade são as melhores formas de combater este problema.

Dependência digital

As crianças e os adolescentes têm direito a uma vida plena. E os adultos também. E uma vida dependente do smartphone, do computador, das redes sociais ou dos videojogos não é uma vida plena. Daí a importância da imposição de medidas de controlo e do ensino da desconexão digital voluntária. Todos os dias, mas especialmente neste Dia da Internet Segura. Na Internet podes contratar online um cartão de crédito, jogar online ou entrar em contacto com a tua família ou amigos à distância, mas é um universo que complementa o mundo real, que está ainda mais repleto de opções e oportunidades.