Como proteger o teu cartão de crédito das fraudes?

Numa era em que o digital faz parte do nosso dia a dia, e usamos regularmente plataformas e dispositivos vários para comunicar, comprar / transacionar  e passar muito do nosso tempo de lazer, ter o teu cartão de crédito protegido das fraudes online e outras formas de cibercrime relacionadas, torna-se ainda mais relevante. Então, como é que te podes tornar um perito na arte de proteger o teu cartão? Vamos explorar algumas dicas de ouro oferecidas pelo WiZink - Um banco. Infinitas possibilidades.

O WiZink está no Festa É Festa da TVI  com o tema da Cibersegurança

5 Julho 2024

Como proteger o cartão de crédito?

Sabemos como é importante proteger o cartão de crédito e por isso aqui ficam algumas dicas valiosas. Toma nota.

 

Os NUNCA ao usar o cartão em lojas/locais físicos

O PIN é só teu, memoriza-o!

O PIN do teu cartão é um dado confidencial – pessoal e intransmissível. Decora-o e não o anotes em lado algum! Já sabes que para ser mais fácil decorar, podes mudar o PIN do teu cartão, mas atenção, cria um PIN seguro e nunca o divulgues a terceiros. NUNCA!

 

Mantém o teu cartão debaixo de olho

Quando estás a pagar, mantém o teu cartão de crédito sempre no teu campo de visão, nunca o percas de vista! NUNCA! Se alguém te pedir para passar o cartão novamente, verifica se o terminal mostra que a transação anterior foi anulada. E, para maior segurança, pede o comprovativo.

 

Cuidado quando usas uma caixa ATM ou MULTIBANCO

Num ATM OU MULTIBANCO, é preciso ter os olhos bem abertos. É já algo tão usual para todos nós que às vezes esquecemos de estar alerta. Certifica-te de que ninguém está a olhar por cima do teu ombro. Se a máquina te parecer suspeita, ou se vires que algo não está bem, procura uma alternativa. Nunca arrisques. NUNCA!

 

Contactless? Contacto visual sempre!

O pagamento contactless é super prático, mas requer atenção. Confirma sempre o valor no ecrã do terminal de pagamento e nunca repitas a transação sem a confirmação de que a anterior foi anulada.

 

Os NUNCA da Cibersegurança

#NuncaÉNunca – O mote da nossa campanha de sensibilização e informação sobre Cibersegurança e os cuidados que todos nós devemos ter, enquanto consumidores e indivíduos, para não cairmos nas armadilhas do cibercrime. Entrámos na novela Festa É Festa da TVI, pela mão da Betinha. Ora vê aqui as cenas e aprende com os habitantes da Bela Vida.

 

E-mails Suspeitos? Elimina-os!

Recebeste um e-mail que parece ser do banco, com uma mensagem alarmista e/ou a pedir ação urgente? Tem um link suspeito? Pedem dados do teu cartão de crédito ou outros dados confidenciais? Pois, não será do banco e sim uma fraude chamada Phishing. Elimina-o e não cliques em link algum! Nunca acedas a páginas ou ao site do banco através de links duvidosos. NUNCA! Se queres aceder à tua área privada para consultar o cartão ou conta, digita manualmente o endereço oficial do banco ou entra na App, instalada no teu telemóvel através de lojas oficiais (sempre!).

Pois é, há pessoas a fazerem-se passar por empresas. Já viste o alerta da Betinha ?

 

SMS do banco… hum..? Lê com atenção!

Se receberes um SMS, supostamente do banco (pode inclusive estra no rol de mensagens legítimas do banco, já que os cibercriminosos têm técnicas para mascarar números e nomes!), lê-o sempre com muita atenção. Mensagem alarmista a exigir ação imediata? Tem um link suspeito? Provavelmente é alguém a fazer passar-se pelo banco para conseguir obter os teus dados e chegar ao teu dinheiro.  A este tipo de fraude chamamos Smishing (semelhante ao Phishing mas por SMS, WhatsApp ou outro tipo de mensagem curta escrita). Recomendação: apaga imediatamente e nunca cliques no link. NUNCA!

Os cibercriminosos estão cada vez mais sofisticados. A Betinha fala disso e ajuda-te para te manteres protegido. Ora vê!

 

Uma chamada urgente do banco? Cuidado, não caias em falinhas mansas!

Ligam-te, dizem que é do banco e alarmam-te com um problema do qual nem suspeitavas. Calma. Ouve com atenção e não ajas sem pensar. Os cibercriminosos podem usar programas que mascaram números de telefone para que no teu telemóvel apareça o número do banco… só que por detrás está um contacto muito diferente. Por outro lado o seu discurso pode ser muito credível mas, se te pedem para clicares num link que recebeste por email, sms ou outro tipo de mensagem e/ou te pedem dados do telefone, cartão, conta ou outros dados confidenciais (como Utilizador, palavras-passe ou códigos que te dizem ter enviado por SMS). STOP!! Nunca respondas, nem coloques estes dados em página alguma que tenhas acedido através de link. NUNCA!

 

Compras Online? Só em sites de confiança

Faz compras online apenas em sites seguros e da tua confiança. Verifica o cadeado no canto do ecrã e se o endereço começa com “https”. Mas não basta! A loja online tem de ter a tua confiança, uma marca que conheças bem ou o testemunho fiável de outros utilizadores que já a usem comummente. Se desconfias que pode não ser tão seguro assim, não uses os dados do teu cartão de crédito. NUNCA! Ah! E não te esqueças de imprimir a confirmação da compra, é como tirar uma selfie – prova que estiveste lá!

Vê as dicas da Betinha para manteres o teu cartão e o teu dinheiro seguros!

E recorda também os NUNCA do WiZink , na secção “Lembra-te que #NuncaÉNunca”!

 

 

Como denunciar uma tentativa de fraude ou uma fraude do cartão de crédito?

  1. Alvo de tentativa de fraude? Denuncia!
    Desconfias que foste vítima de uma tentativa de fraude – Phishing, Smishing ou Vishing, por exemplo? Reencaminha para o banco a mensagem ou imagem da mensagem que suspeitas seja fraude. No caso do WiZink, usa este endereço eletrónico para nos enviares esta informação: alertaseguranca@wizink.pt
    Assim vamos poder agir e tentar que outros não sejam alvo das mesmas mensagens/tentativas de fraude.
  2. Podes ter comprometido os teus dados? Verifica e age já!
    Segue estes passos:
    1. Altera os teus dados de acesso (Utilizador e palavra-passe) aos canais digitais.
    2. Entra na App e confirma novamente o teu telemóvel como dispositivo seguro.
    3. Consulta e mantém os movimentos do teu cartão/conta sob vigilância. Em caso de dúvida, não hesites em contactar o banco pelos canais oficiais.
  3. Há movimentos suspeitos no cartão/conta?
    Liga de imediato através dos Contactos oficiais do teu banco! Os nossos estão aqui mesmo, na área Contactos.
    Se não conseguires que te atendam de imediato, acede aos canais digitais ou entra na App e no menu de Segurança, bloqueia / cancela o teu cartão. Mas liga também
    , para que a área de Fraude possa analisar a situação!
    Recomendamos igualmente que participes a situação ao órgão de polícia criminal mais próximo ou ao Ministério Público. Embora devas sempre falar primeiro com o teu banco, uma queixa formal pode ajudar a resolver o problema, caso se confirme o pior cenário. 

Conclusão

Proteger o teu cartão de crédito contra fraudes não é uma ciência. Com a informação e atenção certas, podes evitar muitas dores de cabeça e continuar a desfrutar de todas as vantagens do WiZink - o banco digital que impulsiona o teu potencial financeiro. Mantém-te vigilante e sempre informado, para te manteres seguro: